Arquivo do mês: julho 2015

Brincando de Viver

Porque você não pode admitir que errou?

Não consigo ver a dificuldade em se despir dessa mania boba de se provar superior ao mundo, quando na verdade seu coração grita para que seus lábios acompanhe-o.

É mais fácil acreditar na sua versão hollywoodiana de “Ela (e) não me merece”, do que usar essa história para modificar suas atitudes como ser humano. Não é sua conta bancária, seu cargo profissional ou suas conquistas materiais que vão acrescentar no seu currículo. O dinheiro não compra um curso extracurricular de como se relacionar, pare e pense sobre isso.

Se a ponte quebra, antes de concerta-la você primeiro verifica o que ocasionou o dano. A raiz do problema, essa sim é a grande questão. Mas não é olhando para fora que você vai descobrir.

As pessoas anseiam por profundidade, quando na verdade nem ao menos sabem nadar.

Anúncios

Deixe um comentário

Arquivado em Uncategorized