Borboletas

Bem devagar ela se aproximou. Com passos calados e sorrateiros, pouco a pouco chegou bem perto de onde ninguém havia chego.

Às vezes eu sinto como se ela pudesse se transformar em um milhão de borboletas, que ao mesmo tempo batem as asas e voam ao redor da minha mente. Elas entram em todos os orifícios do meu rosto, nariz, boca, olhos e ouvidos. Todas ao mesmo tempo, embaralhando tudo o que eu acreditava existir.

Num estalo todas elas se unem de uma vez, e finalmente consigo ver a dona de toda a confusão que um dia existiu em mim. Com seu olhar quase translúcido me fita como um falcão, decidida a me provar que é sim possível voar, que meu sonho pode e vai se tornar real.

Leio seus lábios diariamente e eles me dizem para olhar mais para mim. Ela insiste em dizer que meu olhar atinge apenas o lado externo de meu conhecimento, que está na hora de me emocionar com minhas próprias conquistas e não com as dos demais.

Foi quando seus dedos apontaram para minhas costas, foi quando parei para observar que em mim havia muito mais, só ai pude sentir a transformação, agora não mais apenas interna. Parei em frente ao espelho, sem perceber levantei os ombros como quem estica um músculo a muito adormecido. Doeu. Tirei a blusa e deixei a sensação de liberdade invadir cada poro de minha pele. Nem precisei virar de costas para vê-las, elas eram tão grandes que delicadamente se esticaram para os lados do meu corpo. Num azul quase celestial elas deram um solavanco, meus lábios acompanharam o movimento, se esticando de ponta a ponta. Doeu. Este músculo também estava adormecido há muito. Minhas asas estavam ali, elas sempre estiveram ali, mas eu precisava da sua doçura para me mostrar onde atingir meu olhar.

Anúncios

2 Comentários

Arquivado em Uncategorized

2 Respostas para “Borboletas

  1. Je otte

    A gente tem a leve mania de não vermos o quão somos especiais. Você além de muito especial, é uma mulher fantastica, maravilhosa, incrível. Eu tento e farei isso por toda minha vida, que você veja e perceba a mulher encantadora que eu me apaixonei e me perco de amor todos os segundos da minha vida.

    Você é a melhor, e vai voar muito ainda. Nem que para isso eu tenha que assoprar daqui os bons ventos! Te amo demais!

  2. Lindo! Nascemos para brilhar, para voar…. para criar!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s