Resignação

Eu sempre achei que a palavra existir não passava de um termo vazio, mas não tão vazio quanto o sentido da palavra.
Talvez eu não tenha usado a palavra correta, achar é um verbo e seu significado não condiz com o que estou tentando descrever. Sentir. Esta é a palavra certa, o sentimento que se encaixa perfeitamente quando eu fecho os olhos e abro meu coração.
As vezes tenho a impressão de que enxergo melhor de olhos fechados, uma vez ouvi essa frase e fiquei dias tentando entende-la. Hoje não só entendo, como sinto, vejo.
Todas as vezes em que cai, cai sozinha e de olhos abertos. Cai pela ansiedade em alcançar algo em que acreditava estar ao final do caminho, cai por medo de fechar os olhos e seguir meu instinto. Os olhos podem nos iludir, o coração não.
Foi quando eu finalmente perdi o medo e fechei os olhos que comecei a enxergar. E para minha grande surpresa, descobri que nem sempre é preciso chegar ao fim de um caminho para encontrar o que se procura, que nem sempre sabemos realmente o que queremos encontrar e que nem sempre achamos o que queremos. Nós só encontramos o que precisamos encontrar.
As vezes um tropeço serve mesmo para nos fazer ficar cara a cara com o que estava bem debaixo do nosso próprio nariz, mas nossa mania de olhar só para frente não deixou outra escolha para o universo, a não ser nos colocando na mesma altura do que precisávamos ver.

Cada dia um aprendizado, a cada aprendizado um agradecimento, a cada agradecimento uma resignação e a cada resignação um suspiro de alívio.

Vivendo, aprendendo e confiando sempre!

Anúncios

1 comentário

Arquivado em Uncategorized

Uma resposta para “Resignação

  1. Brenda

    Saber apreciar o presente é uma lição que devemos sempre agradecer por ter aprendido. Aquele milésimo de segundo, quando vivido com intensidade se torna o passado mais belo que podemos ter. Seguir o coração, as vezes, nada mais é do que se abrir para coisas boas, sem preconceitos e medos. Mesmo assim, em diversas situações acabamos perdendo oportunidades. E se esse momento fosse a ultima fração de segundo da sua vida, o que você faria?
    obs: nunca deixe de escrever.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s