Arquivo do mês: julho 2012

Reciclar

O mundo gira tão rápido que de uma hora para outra todas as respostas que existiam se tornam incoerentes e sem nexo algum. Tudo de repente vira inexplicavelmente do avesso e você se vê obrigado a escolher entre você e você. Sim, eu não estou ficando maluca, você realmente tem que escolher qual dos “vocês” deve seguir adiante, afinal essa coisa de dupla personalidade não é muito aceitável (risos).

Chega um momento em que temos que resgatar o melhor de nós mesmos, reciclar o existente e apenas deixar as rebarbas construtivas existirem nesse amontoado de rascunhos escritos. Isso mesmo, temos o poder de ler e reler nossa própria história, nosso próprio eu, e por mais que não possamos apagar os capítulos já escritos, podemos e devemos fazer um resumo deles. Não só temos capacidade, como temos ainda sanidade para avaliar o que nos foi acrescentado de bom e de ruim no decorrer da história. Afinal, um bom livro além de começo, meio e fim, deve possuir conteúdo conciso, construtivo, com bom português e que prenda a atenção do leitor. Então vamos nos desfazer dos borrões, dos erros de português, das virgulas mal empregadas, da ambigüidade e claro, da redundância. Metáforas são bem vindas, o sentido figurado da espaço para a mente voar em direções diversas, cores e uma pitada de fantasia, sem isso ficamos um tanto quanto cinzentos e sem graça nenhuma.

Nos livremos dos excessos, da mesmice e nada de encher lingüiça. Sejamos o melhor que possamos ser. Um livro limpo, sem “orelhas” nas páginas, divididos em curtos, médios e longos capítulos. Com direito a títulos diferentes e criativos, sem manchas, farelos e pingos de gordura. Podemos e devemos trocar a capa de vez em quando, eu particularmente prefiro ser dona de uma capa dura, sem muita informação, afinal não quero que me comprem por ela e sim pelo que o conteúdo de minhas páginas podem proporcionar. Uma viagem inimaginável por dentre os meus pensamentos, meus sonhos, minhas incontáveis transmutações e minhas intermináveis páginas brancas ainda por escrever.
Anúncios

4 Comentários

Arquivado em Uncategorized